terça-feira, 19 de outubro de 2010

Lula se autodenomina "imbecil e ignorante"

2 comentários:

Água Azul no Norte Transparente disse...

Caro João,

Cheguei até você pelo blog O Sul do Pará em Cristo,onde você coloca a temeridade que é o envolvimento de servos de Deus com a política. Vendo agora, este vídeo me fez refletir sobre o quão mesquinhos nos tornamos diante de qualquer situação bastando para isso querermos o ser. Concordo com você. A meu ver, as situações a que estamos submetidos no quotidiano, nada mais é que teste do Senhor para nos mostrar o quanto somos mesquinhos.
Tanto você como eu, sabemos que o vídeo foi editado para parecer o que você diz ser: "Lula se autodenomina imbecil e ignorante"
Lamentável que um evangelico esteja a serviço da mentira, calúnia e mesquinhez

João Carlos Rodrigues disse...

Meu caro Lucinei Torres,

Os fatos falam por si só. Luiz Inácio sempre foi um crítico severo de tudo o que foi criado por seus adversários, ainda que fossem boas idéias e beneficiassem justamente os mais pobres, como é o caso dos programas sociais que deram origem ao Bolsa Família.
Foi contra a Constituição, foi contra Tancredo Neves, foi contra o Plano Real, foi contra a Lei de Responsabilidade Fiscal, etc., etc., etc.
A edição do vídeo somente expõe as contradições de um presidente da República, que não tem o menor escrúpulo de usar e abusar da coisa pública em benefício de seu partido (ou seria de sua gangue?).
Luiz Inácio era contra todo e qualquer tipo de programa social, do vale-leite à cesta básica, e agora, como vemos, chama de "imbecil e ignorante" quem ousa criticar o Bolsa Família, criado por FHC através do Bolsa Alimentação e do Bolsa Escola, e aperfeiçoado e ampliado pelo governo atual.
Um governo deliberadamente a favor do aborto e contra a vida. Um governo escancaradamente a favor da iniqüidade. Um governo que tem a mentira como prática cotidiana. E se você é evangélico, como insinua ser, Lucinei, sabe quem é o "pai da mentira".
Que Deus tenha misericórdia de ti e de quantos foram cegados pelo inimigo e aceitam a mentira como se fosse a verdade.