sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

O dever na "Terra de Direitos"

A que ponto chegamos! Apesar de a cidade de Tucuruí ter dois representantes na Assembléia Legislativa do Estado do Pará [Parsifal Pontes, do PMDB, e Deley Santos, do PV] está sendo preciso a interferência do Ministério Público Estadual (MPE) para buscar soluções para o estado crítico da PA-263, que liga Tucuruí a Goianésia do Pará.
Por iniciativa dos promotores de Justiça Bezaliel Castro Alvarenga, Alessandra Rebelo Clós e José Augusto Sarmento, o MP expediu Recomendação à Secretaria de Estado de Transportes (Setran) para que "adote medidas urgentes na recuperação da rodovia".

A Promotoria deu prazo de 30 dias para a Setran providenciar os reparos na estrada. Se nada for feito, os promotores prometem ingressar com ações judiciais contra o Estado. (Matéria completa, aqui.)

EM TEMPO: Os dois deputados de Tucuruí fazem parte da base de sustentação do governo na Alepa.

Um comentário:

riba disse...

Vale ressaltar que os dois deputados sao da base do Governo Ana Julia Barabalho, portanto, ninguem espera que se faça nada destes dois.