quinta-feira, 28 de junho de 2007

Operação 'Matamento' II

Nilson Santos
Dinheiro, cocaína e armas apreendidas na operação

Com a quadrilha de traficantes envolvidos em grupos de extermínio, ontem em Marabá, a Polícia Federal apreendeu R$ 170 mil em espécie, que estavam escondidos na casa da comerciante Irenilde da Silva, irmã do PM Adalto Lopes de Souza, o Magali, ambos presos durante a operação. A polícia suspeita que o dinheiro é fruto da venda de drogas, mas a advogada de Irenilde garante que o montante pertence ao supermercado da empresária e seria usado para pagar fornecedores. Estranho, e isso não pode ser negado, é que o dinheiro fosse guardado "debaixo do colchão", mesmo havendo sete agências bancárias em Marabá.

2 comentários:

MILLER disse...

de parabéns o jornalista João Carlos Rodrigues, veterano na Midia Jornalistica aqui em nosso estado.
meus sinceros agradecimentos pela criação e blogagem...

Orgulhosamente Sul Paraense!

João Carlos Rodrigues disse...

Obrigado, amigo!

Contamos com você e com toda a turma da imprensa aí em Redenção para fazer do blog fonte de informações interessantes sobre o sul e o sudeste do Pará.

Um grande abraço!