quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Vá em paz

Em primeira mão, o jornalista Laércio Ribeiro informa, em seu blog, que Omar Hennemann, nomeado há menos de um mês pelo prefeito Maurino Magalhães (PR) para a Secretaria de Gestão Fazendária, já está deixando o cargo:

"Omar Hennemann não é mais secretário em Marabá. O camarada que Maurino trouxe lá das bandas do Tocantins para assumir a Secretaria de Gestão Fazendária já está de malas prontas. Vai cantar noutra freguesia, para alívio de alguns que já não o suportavam por aqui. Está indo para Brasília, trabalhar no Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar).
(...)
Foi meteórica a passagem de Hennemann pelo governo – pouco mais de 20 dias. Mas o suficiente para mostrar que não tinha perfil para estar no cargo. No seu temperamento hostil ao tratar quem o procurava em seu gabinete, Hennemann revelou-se despreparado para lidar com gente em um cargo público.
(...)
Por ironia do destino, o secretário vai para um órgão de “aprendizagem rural”. Pois, é. Para quem não está preparado para lidar com gente não poderia existir lugar mais apropriado."

3 comentários:

Ademar disse...

A sectretária de Turismo recem empossada pelo prefeito Maurino " Miranda" Magalhães, não sabe patavina nenhumka de política de turismo.

Há muito tempo ja ocorre várias atividades de cosntrução do Diagnóstico das potencialidades turísticas, mas segundo ela, desconhece tal politica a ser implementada no municpio de Marabá. Aliás marabá faz parte de um polo criado pelo Ministério do Turismo, que deve financiar vários projetos para essa área. Mas a dita secretária aind anão conhece os tramites...isso quer dizer deve demorar a deslanchar os projetos já previstos pela gestão anterior. Haja vista que o próprio ZEE já prevê as potencialidades e os devidos recursos a serem aplicados.

Juvencio de Arruda disse...

rsrs...pegou duro no nacional, hein Embaixador?
Mas é bom que Marabá se prepare.
Os prognósticos sobre a gestão maurina não são nada bons.
Abs

João Carlos Rodrigues disse...

Rssssrrs... Ei, Juca, não fui eu. Só transcrevi a nota do blog do nosso colega Laércio Ribeiro (www.laercioribeiro700.blogspot.com). Mas creia, eu não teria mudado uma vírgula no que o Laércio escreveu. O nacional é mesmo difícil de se lidar. Parece ter o "rei na barriga" e se sente o único homem que sabe alguma coisa na face da terra... rrrssrs.