sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Davi Passos preside a Amat

Conforme previsto, o prefeito de Xinguara, José Davi Passos (PT), foi eleito presidente da Associação dos Municípios do Araguaia e Tocantins (Amat), na assembléia-geral da entidade, que aconteceu ontem no acanhado auditório do Hotel Vale do Tocantins, em Marabá. Wenderson Chamon, o Chamonzinho (PMDB), prefeito de Curionópolis, foi escolhido para a vice-presidência da Associação.

§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§

O prefeito de Goianésia, Itamar Cardoso do Nascimento (PMDB), que havia registrado chapa para a eleição da Amat, abriu mão de sua candidatura a presidente, em nome da união dos prefeitos filiados e da defesa dos interesses da região.

§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§

A assembléia teve momentos de tensão, especialmente quando o prefeito de Redenção, Wagner Oliveira Fontes (PTB), propôs que a eleição fosse suspensa até que a governadora Ana Júlia Carepa (PT) mantivesse contato com os prefeitos reunidos no local, para garantir "melhor tratamento" aos gestores municipais.
Wagner reclamou que o secretário de Integração Regional, André Farias, não lhe deu atenção em uma solicitação para recuperar o asfalto da rodovia PA-150 no perímetro urbano de Redenção. Segundo o prefeito, Farias lhe prometeu um retorno telefônico até o meio-dia da última segunda-feira, mas até a manhã de quinta-feira, quando o prefeito participava da assembléia da Amat, o secretário continuava em completo silêncio.
========
Wagner Fontes afirmou que Davi Passos era o candidato da governadora e, por isso, ela teria que fazer um compromisso mais sério com os prefeitos, condições propostas por Fontes para que a Amat aclamasse Passos como presidente.
========
O que Fontes não contava era com a forte reação dos prefeitos, que rebateram de imediato a partidarização da eleição da Amat. A esmagadora maioria não aceitou a proposição do prefeito de Redenção, preferindo fazer a eleição para depois negociar um novo relacionamento do governo com os municípios.
========
O prefeito de Eldorado do Carajás, Genival Diniz Gonçalves (PT), disse que em seu município o prefeito Davi Passos é referência. E afirmou que, ao invés de lacrar a prefeitura por causa dos problemas herdados do governo anterior [como fez Wagner Fontes em Redenção], procurou resolver os problemas e trabalhar. E anunciou que já inaugurou obras nos primeiros 30 dias de governo.
========
Edison Raimundo Alvarenga (PTB), de Nova Ipixuna, foi irônico com Genival, dizendo que inaugurar obras em apenas um mês de governo, "só se for a construção de quebra-molas".
========
Jorge Barros de Alencar (PMDB), prefeito de São Geraldo do Araguaia, foi quem saiu em defesa de Genival. E garantiu que também já inaugurou obras em São Geraldo, entre elas 12 pontes em estradas vicianis, algumas em parceria com Eldorado do Carajás, na estrada que liga os dois municípios.

§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§

Ao final, apaziguados os ânimos, a chapa liderada por Davi Passos e Chamonzinho foi eleita por aclamação e vai administrar a Amat durante 2009. A posse aconteceu logo após a eleição.

§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§§

O prefeito de Ananindeua, Hélder Barbalho (PMDB) prestigiou o evento, aproveitando para angariar votos para sua candidatura à presidência da Federação das Associações de Municípios do Estado do Pará (Famep). Os secretários estaduais de Obras Públicas, Francisco das Chagas Silva Melo Filho, e de Desenvolvimento Urbano e Regional, Ana Suely Maia de Oliveira, representaram o governo na solenidade. A deputada Bernadete ten Caten (PT) representou a Assembléia Legislativa e o deputado Asdrúbal Bentes (PMDB) à Câmara Federal.

Nenhum comentário: